Sobre mim

O melhor aprendizado é o que se vê na prática

  “O melhor aprendizado é o que se vê na prática”- Eliana Pontes

    Todos nós podemos praticar cidadania realizando projetos em comunidades ou escolas.

    Com o meu projeto Uma Escritora na Escola (nome do livro sobre as minhas visitas nas escolas) faço encontros culturais para aprimorar a comunicação através da leitura. Devemos trabalhar para incentivar o prazer e não a obrigação de ler algo. É importante quebrar a distância entre o “inatingível escritor” que já tem seus livros publicados e um “mero aprendiz” adolescente. Pretendo mostrar ao jovem aluno o seu potencial intelectual e criativo, fortalecer sua confiança e autoestima para aprender a lutar respeitando o próximo e defendendo seus direitos com argumentos plausíveis.  A leitura de um livro para ser completo tem que ser vivenciado em seus vários ângulos de aprendizado.

Neste espaço também apresento minhas visitas em eventos que envolvem a música , o meio ambiente, grupos de terceira idade e outros movimentos culturais. É uma forma de trazer opções positivas para enriquecer o conhecimento e mostrar a minha convivência com a cultura, arte e literatura, além de incentivar estratégias para o exercício da cidadania.

Temos capacidade de atuar de forma construtiva em várias categorias transmitindo boas experiências e abrindo o coração.

Um abraço, Eliana Pontes Vitelli

Anúncios

50 Anos de Gravodisc

VISITA AO ESTÚDIO DE GRAVAÇÃO GRAVODISC
Sampa, 27/09/2010
http://www.gravodisc.com/gravodisc.php
 
Neste ano o Gravodisc comemora 50 anos e foi idealizado por João Pereira, Carlos Vilas Boas, Carlos Moura e Antenor Garcia, nos anos 60. Em 1970, Alberto Jackson Byington Neto assumiu o Gravodisc até 1998 e passou sua nobre responsabilidade aos atuais dirigentes, que vem trazendo profissionais de reconhecimento nacional para compor a equipe competente do moderno e tecnológico estúdio de gravação.
 
Conheci uma gravadora, localizada no coração de São Paulo, com fácil acesso, que acolhe os clientes como irmãos pois seus funcionários são abençoados com a genética musical. Eles transmitem o prazer em trabalhar no seu “mundo” favorito; se dedicam para atender da melhor forma os artistas de diferentes estilos, cultura ou linguagem.
 
Estivemos lá para a gravação do CD da “Din Rose”. É gostoso lembrar do nosso cantinho do café “na mesa ou na máquina” (rs) com um pouco de humor; calor humano; “conversa jogada fora” e ainda poder abraçar nossos músicos preferidos. Um ambiente de trabalho com comprometimento e parceria na produção musical que coincide com o carinho e amizade dedicados aos visitantes, compositores e intérpretes.
 
Obrigada, meus queridos:
Elcio Alvarez Filho, Aquilino Simões, Cristiane Feris, Marco Pontes (Caixote), Ivanna, à equipe técnica e todos os membros da família Gravodisc.
Bjs, Eliana Pontes
 
Vitelli, pianista e um dos compositores do CD “Din Rose”
 
 Pedro (baixista da gravação) e Tommy (back vocal, violonista e compositor dO CD “Din Rose”)
 
Pose para uma foto com o músico Daniel
 
Din Rose e Tommy 
 
Caixote (produtor musical do CD “Din Rose”), Ivanna (vídeo make off) e Elcio (Diretor Gravodisc) 
 
Caixote, Albino Infantozzi (baterista da gravação), Tommy e Ivanna 
 
Quase toda turma que fizeram parte da gravação, e na ponta direita, Evandro Secco (Empresário Musical)